Um pequena reflexão sobre a greve geral

Consideremos o sem-número de empresas que só prestam serviços para outras empresas, em atividades-meio, ou seja, que muitos serviços só existem para a manutenção e disponibilidade de pessoal e espaço físico de empresas que não prestam serviços diretamente ao consumidor final. Me parece, graças a isso, que essa greve geral, caso obtenha um alto nível de adesão, nos serviria muito bem pra mostrar o quanto muitos serviços são completamente inúteis e superestimados, e o quanto gastamos – e nos desgastamos! – com atividades completamente automáticas e sem sentido, nos comportando como gado.

Mais ainda: serviria, se cada um se dispusesse a refletir um pouco, para enxergarmos o quanto somos vistos apenas pela nossa utilidade para os outros – e que na realidade não temos, para a grande maioria destas, utilidade alguma.

Hora boa pra se ter a devida noção de onde e no que depositamos tanto esforço e pra quem (ou para o que) doamos – ou até desperdiçamos – nossos finitos e valiosos segundos dessa vida estranha.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s